• 1
  • 2
  • 3

Esbath de Lua Crescente

Cada esbath corresponde a um aspecto das divindades, a Lua Crescente corresponde as Faces ligadas a fartura e ao crescimento, alguns exemplos dessas faces são: Pan, Hera,  Danu, e vários outros.

Na simbologia do Esbath, nesse momento a Deusa é donzela, já amadurecida e crescendo. Os adolescentes, e demais animais em crescimento são abençoados pela Deusa. Sendo assim, é normal enviar bênçãos aos JOVENS que acabaram de entrar na puberdade e estão se tornando homens e mulheres maduros, assim como abençoar os animais que já se tornaram férteis e estão concluindo seu crescimento, as plantas também não devem ser esquecidas e deve-se celebrar com bênçãos todas aquelas que vingaram e estão crescendo.

Apenas após estudar, conhecer e se sintonizar com a divindade é que estamos aptos para chamá-la em um RITUAL , com isso depois de trabalhar com a face do seu panteão você deve criar sua forma de invocar tal divindade, pois já saberá como.

MEDITAÇÕES

As meditações são direcionadas ao crescimento de projetos, a abundância e seqüência de nossos objetivos. Imagine que você deseja ter um bom rendimento financeiro ou um crescimento no seu contato e união com a família, nesse momento de lua crescente você deve meditar sobre quais são as atitudes e posturas que deve tomar para que tudo possa crescer e prosperar, e deve por em prática tudo isso.

Essa meditação também deve possuir uma reflexão para nossas mudanças internas, devemos verificar o que foi criado no sabbat passado e colocar tudo para prosperar, devemos guiar o crescimento de nossos sentimentos e gerar uma harmonia, para que nada cresça além do devido.

Podemos meditar sobre lendas ou histórias de fertilidade, de crescimento, de abundância. Seja as vitórias dos Deuses, o crescimento das cidades, a nosso próprio amadurecimento e etc. Como foi o nosso crescimento? Quem estava presente na nossa puberdade? Como lidamos com isso? O que aprendemos e levamos até hoje no nosso amadurecimento como pessoas? Como nós fortalecemos nossos projetos, realizamos nossos sonhos de criança, ou criamos outros? Tudo que representa crescimento e expansão pode ser analisado.

DANÇAS, CÂNTICOS E ORAÇÕES.

Como já ficou visível o esbath ao crescimento, a abundância, e alguns tipos de danças são muito bons para relaxar e inspirar o crescimento dos projetos.

A dança mais comum é chamada de dança dos sons naturais ou ritmos silenciosos, consiste em ficar de pé – quando sozinha(o) e em local adequado pode ficar nua(ú) – e em pleno silêncio. Comece a movimentar o corpo calmamente da forma que desejar, com o tempo aumente a força e rapidez dos movimentos até que esteja dançando em seu próprio ritmo livre, solto e de acordo com o seu corpo, crie seus movimentos.

Enquanto dança tente colocar para fora sons variados, use da sua criatividade, trabalhe o seu interior, acalme seu coração, organize suas energias, equilibre seu corpo.

É comum criar Cânticos para os DEUSES presentes nos esbbats, use sua criatividade, use ritmo, rimas e sons variados todos ligados ao princípio básico do esbbat: PROSPERIDADE , expansão, abundância, a partir daquilo que já possuímos e criamos no esbbat passado e em cima de tudo aquilo que recebemos nesse período.

Orações? Sim orações! Os Bruxos conversam com suas divindades, obviamente de uma forma diferente (não ajoelham ou se colocam inferiores), mas conversam, pedem e agradecem da mesma forma que todas as outras religiões. As orações podem ser espontâneas ou montadas com antecedência, podem ser ritmadas ou não, devem apenas estar relacionadas ao esbbat, conversem com os Deuses, peçam ajuda para enfrentar, compreender e controlar esse crescimento que desejam. Encarem todas as imagens e sensações que os DEUSES vão lhe mandar para auxilia-los nesse momento. Apenas não esqueçam o Adágio:

“Cuidado com o que pede aos Deuses, pois eles podem realizar” 

Se você não está pronto para enfrentar determinada situação, não peça, não busque, não tente amplia-la. Se você pedir aos DEUSES auxilio em algo que você ainda não está pronto para ter, eles podem te dar exatamente para você ‘sofrer’ naquilo e aprender a não pedir coisas com as quais não está pronto para conviver.

TRABALHOS MÁGICOS

As(os) Bruxas(os) fazem feitiços, encantamentos e RITUAIS de magia variados, com diferentes finalidades. Cada Lua possui uma influência diferente nas energias que são usadas nesses ritos, a Lua Crescente representa o momento após a criação, é o momento em que tudo já foi produzido, enraizado, organizado, sendo assim, é a Lua da expansão. Projetos, emprego, tudo deve seguir um AR ‘positivo’ e direcionado.

Todo tipo de feitiço, ou ritualística que favoreça a expansão e o crescimento são favorecidos pela lua Crescente...

Há um antigo adágio que diz:

“Se você não é capaz de agradecer por tudo que ganha ou conquista, pare de pedir e buscar, pois não é merecedor de nada”.

Todo bruxo(a) sabe que só ganha aquilo que merece, sabe também que para merecer, ele precisa ser grato por tudo, grato a ele mesmo por ter vencido suas dificuldades e grato aos DEUSES por esses permitirem o prazer da vida, dando-lhe condições de viver livremente usufruindo daquilo que deseja.

Então use sua criatividade, seja sincero e agradeça a presença de todos os participantes do seu esbbat: ELEMENTAIS , ancestrais, amigos (caso celebre em grupo ou coven), agradeça a você mesmo e aos Deuses.

BANQUETE.

Não precisa ser exatamente um banquete variado, apenas uma refeição simples para celebrar o momento, no esbbat de lua crescente recomenda-se que a refeição seja composta por sementes, grãos e todo tipo de alimento que podemos encontrar com fartura. Assim como sucos e chás, busque frutas e ERVAS que aparecem em abundância como Mangas, maças, laranjas, CAMOMILA , ERVA doce. Lembrando sempre de verificar se você possui algum tipo de alergia a qualquer ingrediente, e sempre usem ingredientes naturais, nunca comam ou bebam nada que não conhecem ou saibam a procedência.

(Extraído e adaptado do site Old Religion, visite aqui).

UM RITUAL DE LUA CRESCENTE

 

- PARA A PROSPERIDADE

Iremos precisar:

vela verde 

Óleo de patchuli

Incenso de Olíbano ou uma mistura que contenha patchuli

Ritual:

Irão circular com o incenso de olíbano e com as velas verdes e o óleo de patchuli  pelo circulo três vezes, consagrando aos elementos; enquanto  irão respirando profundo e calmamente.

Retorna ao altar enquanto, unta a vela com o óleo. Enquanto untam, vão se concentrando intensamente no seu objetivo mágico, repetindo várias vezes na mente e colocando ênfase e energia nas palavras.

Leve agora a vela ao terceiro olho e concentre-se fortemente na visualização da prosperidade; veja como serão as circunstâncias para vocês quando a prosperidade necessária chegar; mostrem-se muito determinadas; acreditem que os seus desejos vão se tornando realidade; deixem claro que eles vão acontecer da maneira certa para vocês, que não vão prejudicar ninguém, inclusive vocês. Determinem que as energias entrem na vela para que a sua visualização seja fortalecida.

Quando você sentir que já visualizou o suficiente, acenda a vela verde nas velas do altar (lembrando sempre de andar em sentido horário), dizendo:

Acendo esta vela para trazer prosperidade para a minha vida.

Para o livre-arbítrio e o bem maior de todos os envolvidos.

Em nome da Deusa e do Deus, q assim seja.

Abençoado seja.

Deixem a vela queimar até o fim do ritual. Ao apagá-la (não soprem), visualizem a prosperidade como se ela já fizesse parte de suas vidas.

Voltem a acender a vela todas as noites durante um período predeterminado. Pode ser por um ciclo, ou seja, de uma lua crescente a outra, por exemplo, não esquecendo de calcular bem o tempo de permanecer a vela acesa. No final, deixem-na queimar até o fim.

Cada vez que ascender à vela, reafirmem as suas intenções mágicas, mas vocês não precisam repetir toda a afirmação; apenas a palavra "prosperidade" é suficiente. E cada vez que apagá-la, renove brevemente a sua visualização de melhores circunstância.

Bom proveito!

(Extraído do Blog Caminhos Pagão, visite aqui).

Imprimir Email

Mais postagens

  • Mabon - Equinócio de Outono

    Primeiro dia do outono (Equinócio do Outono). Hemisfério Norte: 21 de Setembro – Hemisfério Sul: 21 de Março O Sabbath do Equinócio do Outono Leia Mais
  • Ondinas

    As Ondinas são seres fantásticos. Estes elementais fazem parte de tudo o que há água e mexe com as emções Leia Mais
  • Sabbaths

    Antigamente, quando o Deus e a Deusa eram tão reais quanto o Sol e a Lua, os rituais eram desestruturados Leia Mais
  • Yule - Solstício de Inverno

    Festival comemorado no dia 21 de junho, a época das noites frias, a noite mais longa do ano. Leia Mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9